10 Dicas para Proteger Sua Família da Dengue e Zica vírus

10 Dicas para Proteger Sua Família da Dengue e Zica vírus


Oi gente, tudo bem com vocês ? Eu sou Alexandra
farmacêutica da Nutripele e hoje eu vim dar 10 dicas de como proteger você e a sua família
do mosquito Aedes, aquele que transmite a Dengue, a Zika virus, a Chikungunha e também
a febre amarela. Mas eu já vou logo dizendo que não é tarefa
nada fácil. Porque ele se reproduz muito rápido. um ovo
que a fêmea coloque, ele em 7 dias já vira um mosquito e uma fêmea pode produzir até
1500 outros mosquitos. Lógico que nós temos que nos preocupar com
as fêmeas. E o pior de tudo é que o ovo dessa fêmea
pode durar até um ano num ambiente seco. Pensa, é muito tempo. O mosquito vive em média 30 dias, 7 dias
na fase de ovo e 21 dias como mosquito mesmo. Então ele pode fazer um belo estrago. 80
% deles vive nas nossas residências, dentro do nosso ambiente. Mesmo os apartamentos, aqueles altos quem
mora no vigésimo andar acha que está protegido, não tá ! Eles são muito oportunistas, eles
vão acabar chegando na sua residência e se você tiver foco de água parada e limpa
eles com certeza vão conseguir se proliferar. Bom, a primeira das dicas é que a gente faça
uma lista dos possíveis criadouros: caixa dágua aberta, destampada, calhas que possam
acumular água, pratinhos de plantas que não tenham areia, tem sempre que colocar areia. Todo aquele material reciclado que a gente
deixa separado para a coleta seletiva levar, tem que estar tudo bem sequinho, sem acúmulo
de água. Latinhas de alumínio, galões e esses recipientes
que a gente acumula água por conta da falta dágua pra você reutilizar tem que estar
sempre tampado. Aquela piscininha de criança que a gente
enche, a criança brinca e depois verte aquela água e pendura não pode ficar molhado. Aquele acúmulo de água pode ser um criadouro
do mosquito. Os brinquedos espalhados que podem acumular
água. Então tudo isso temos que monitorar fazer
uma lista pra. Segunda dica, um dia da semana, fazer um check
list pra ver se está tudo certinho. Se os pratinhos tem bastante areia até a
borda dos pratinhos, se não acumulou água na calha do telhado, faz um check list. Você só precisa de dez minutinhos pra verificar
se não não tem nenhum criadouro. Por que que a gente tem que fazer isso uma
vez pro semana ? Como eu disse lá no começo, a fêmea, bota o ovinho, depois o ovo passa
por uma série de transformações até virar um mosquito e esse período leva sete dias. Então se nós fizermos esse monitoramento
uma vez por semana, nós podemos diminuir a proliferação dos mosquitos no ambiente. Terceira dica é tomar cuidado com aquelas
plantas que acumulam água: as bromélias, bananeiras, bambus, gravatás, babosa, espada
de são jorge, as suculentas. Todas essas plantas podem acumular um pouquinho
de água. Precisa de só um pouquinho pra ele conseguir
se proliferar, então precisamos sempre monitorar. Sabe aqueles jardins verticais, que a gente
acha que nunca vai acumular água, pois é, tem sempre que olhar porque as vezes isso
pode acontecer sim. Bom, a quarta dica é que precisamos dar uma
espiadinha no quintal do vizinho. Por que não adianta nada nós fazermos todos
esses cuidados e o nosso vizinho ter um criadouro na casa dele. Então, com todo jeito pra não invadir a
privacidade do outro, nós temos que monitorar se lá , nas nossas vizinhanças tem possíveis
criadouros. Como é que a gente faz isso ? A gente observa
exatamente as mesmas coisas e de uma forma sutil e educada dá algumas dicas. Ás vezes as pessoas nem sabem da importância
desses cuidados. A quinta dica é que a gente vede os ralos
do quintal, dos ambientes que usa pouco e os vasos sanitários também. Põe tela, tampa com plástico põe bastante
coro pra evitar que aquela água seja uma fonte de proliferação. Tem que trocar diariamente a água do cachorro,
do gato, do passarinho, aqueles bebedouros para beija-flor, tem que trocar todo dia e
tem que lavar com uma escovinha. O ovo do mosquito Aedes ele gruda na borda
dos recipientes então ele fica aderido ali e não sai só lavando com água, tem que
passar escovinha. É inportante cuidar dos bebedouros dos nossos
animais de estimação. Outra coisa, quem tem fonte, laginho, cascata
ou piscina em casa também precisa clorar de forma adequada. O cloro ele acaba evaporando com o tempo então
tem que repor, provavelmente mensalmente, depende do lugar. Mas a gente tem que observar a cloração
adequada da água desses lugares. A oitava dica, que muita gente nem presta
muita atenção : bandeja de ar condicionado e bandeja da geladeira. Elas podem acumular água parada, água limpa,
nesses lugares e aí servir de criadouro pro mosquito. Nona dica é que se você mora num lugar onde
tem uma proliferação de mosquitos muito alta o ideal é que você instale telas nas
janelas e ponha mosqueteiros sobre as camas. De uma forma que você consiga se proteger
ao máximo. Além é claro, da décima dica que é o uso
do repelente, em quantidades adequadas, nas áreas expostas do corpo, nos períodos de
pico pelo menos: pela manhã e no começo da tarde. Mas não vai achando que ele pode te picar
só nesses horários não porque o mosquito Aedes ele é muito oportunista, ele pode te
picar de noite também se ele não tiver conseguido isso durante o dia, tá bom. Acho que com essas dicas a gente mapeia bem
os criadouros e a prevenção é o melhor, sempre. Um super beijo e até a próxima.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *